CIRURGIA FACIAL

Home / CIRURGIA FACIAL
OTOPLASTIA2

OTOPLASTIA:

Cirurgia da orelha – também conhecida como otoplastia – pode melhorar a forma, a posição ou as proporções das orelhas. A cirurgia corrige um defeito na estrutura das orelhas presente desde o nascimento, que se torna aparente com o desenvolvimento, ou trata orelhas deformadas causadas por lesão. A otoplastia cria uma forma natural, dando equilíbrio e proporção às orelhas e à face. Correção de deformidades menores pode beneficiar a aparência e a autoestima.

A OTOPLASTIA TRATA ESPECIFICAMENTE:

  • Orelhas muito grandes – uma condição rara chamada macrotia,
  • Orelhas salientes que ocorrem em um ou ambos os lados em diferentes graus – não associados à perda auditiva,
  • Insatisfação do adulto com a cirurgia prévia da orelha.

A otoplastia é um procedimento altamente individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

CRIANÇAS BOAS CANDIDATAS À OTOPLASTIA SÃO: 

  • Crianças saudáveis, sem doença com risco de vida ou com infecções crônicas não tratadas de ouvido,
  • Geralmente, crianças com cinco anos de idade, ou quando a cartilagem da orelha já é estável o suficiente para a correção,
  • Crianças cooperativas e que sigam as recomendações médicas,
  • Crianças capazes de expressar o que sentem e não manifestam objeções durante a discussão da cirurgia.
CORREÇÃO DO LÓBULO DA ORELHA

CORREÇÃO DE LÓBULO DE ORELHA:

Muitas mulheres têm recorrido à cirurgia de correção do lóbulo de orelha. Esta correção pode ser de apenas um furo do brinco mais alargado ou até o extremo de um lóbulo fendido (rasgado). Existem muitas técnicas descritas, como muitas opções para corrigir estes casos.

Geralmente o uso inadequado de brincos pesados, juntamente com outros fatores, como reações eczematosas (alérgicas de contato) ocasionadas pelos metais dos brincos, ocasionam o trauma, que a longo prazo, irá “rasgando” a pele  do lóbulo da orelha. Traumas externos, como puxada do brinco inadvertida ou não, podem também alargar ou mais comumente rasgar o lóbulo da orelha.

O peso do brinco que uma orelha suporta varia de acordo com características individuais. Portanto, não existe um peso pré-determinado capaz de provocar a alteração no lóbulo. Mas se por acaso o brinco provocar, de alguma forma, uma tensão na pele, substitua por um mais leve. Aposte no bom senso para identificar o brinco ideal e apropriado. Brincos que causam reações alérgicas locais, como vermelhidão, secreção, descamação ou dor, devem ser evitados, pois estas reações com o tempo, vão causando enfraquecimnento da pele e facilitando o “rasgo” da pele do lóbulo da orelha. O lóbulo fendido pode ser reparado com a zetaplastia, com o tratamento de incisão e sutura ou ainda com a técnica de retalho. É o cirurgião plástico quem decidirá qual a mais indicada para cada caso.

Geralmente o método mais simples, com os melhores resultado é a simples incisão dos bordos da fenda no lóbulo, seguida de pontos simples.

Nos casos em que a fenda no lóbulo é muito grande, quase rasgando todo lóbulo, completa-se a separação, com retirada dos bordos da fenda, seguida de pontos simples. A cirurgia é feita  sob anestesia local, a nível ambulatorial. São realizadas novas incisões de 1 a 1,5 cm de comprimento, com retirada das bordas fendidas, onde após realiza-se o fechamento com pontos simples. O resultado definitivo é percebido seis meses após a cirurgia, quando a cicatriz fica no nível original da pele, tornando-se praticamente imperceptível. O curativo deve ser trocado no dia seguinte conforme orientação médica, os pontos são retirados após sete a dez dias e é possível retornar as atividades normais no mesmo dia. Usar brincos no pós-operatório imediato não é recomendável, pois podem causar traumatismo e prejudicar a cicatrização. Não é recomendável fazer novo furo na mesma região já que houve o rasgo e a pele afinou.

mentoplastia02

MENTOPLASTIA:

O QUE É A CIRURGIA DO QUEIXO? LIFTING

Também conhecida como mentoplastia, é um procedimento cirúrgico para remodelar o queixo utilizando-se implantes (aumento) ou o próprio osso, por intermédio de fraturas que podem avançar ou recuar o mento. Muitas vezes, o cirurgião plástico pode recomendar a cirurgia do queixo juntamente com a cirurgia do nariz, de modo a atingir proporções faciais equilibradas − isto porque o tamanho do queixo pode aumentar ou diminuir o tamanho percebido do nariz. Esta cirurgia ajuda a proporcionar equilíbrio harmonioso de suas características faciais para que se sinta melhor com a sua aparência.

Captura-de-Tela-2014-07-28-às-21.26.39

LÁBIO LEPORINO:

DESENVOLVIMENTO ANORMAL

A reparação do lábio leporino e da fenda palatina é um tipo de cirurgia plástica para corrigir o desenvolvimento anormal, visando restaurar a função e deixar a aparência mais próxima do normal.

Lábio leporino e fenda palatina estão entre as malformações congênitas mais comuns que afetam as crianças. A formação incompleta do lábio superior (fissura) ou do teto da boca (palato) pode ocorrer individualmente ou em conjunto. As condições podem variar em termos de gravidade, podendo incluir um ou ambos os lados da face.

A fenda, ou separação do lábio superior e/ou o céu da boca, ocorre muito precocemente no desenvolvimento do feto. Durante o desenvolvimento fetal, alguns componentes do lábio superior e do céu da boca não se formam normalmente. A maioria das fendas pode ser reparada através de técnicas especializadas de cirurgia plástica, melhorando a capacidade da criança de comer, falar, ouvir e respirar.

BLEFAROPLASTIA

BLEFAROPLASTIA:

O QUE É A CIRURGIA DAS PÁLPEBRAS?

Também conhecida como blefaroplastia, a cirurgia de pálpebra melhora a aparência das pálpebras superiores, das pálpebras inferiores, ou de ambas. A cirurgia proporciona aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos, fazendo com que o olhar pareça mais descansado e alerta.

  • A cirurgia da pálpebra superior remove o excesso de depósito de gordura que aparece como inchaço nas pálpebras superiores,
  • Pele frouxa ou flacidez que cria dobras ou incomoda o contorno natural da pálpebra superior, às vezes, prejudicando a visão, e pode ser tratada com cirurgia de pálpebra superior,
  • A blefaroplastia da pálpebra inferior remove o excesso de pele e rugas finas na pálpebra inferior,
  • Bolsas sob os olhos podem ser corrigidas por blefaroplastia,
  • A cirurgia de pálpebra inferior pode corrigir queda das pálpebras inferiores.

O QUE ESPERAR DA CONSULTA CIRURGIA DE PÁLPEBRAS:

O sucesso e a segurança do procedimento cirúrgico dependem de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

attractive woman profile isolated on white

RINOPLASTIA:

O QUE É A CIRURGIA DE RINOPLASTIA?

Rinoplastia ou cirurgia do nariz melhora a aparência e a proporção do nariz, realçando a harmonia facial e melhorando a autoestima. A cirurgia do nariz também pode corrigir dificuldade respiratória causada por anormalidades estruturais no nariz.

O QUE SE PODE OBTER COM A RINOPLASTIA?

A rinoplastia pode mudar:

  • O tamanho do nariz, em relação a demais estruturas faciais,
  • A largura do dorso nasal,
  • O perfil do nariz,
  • A ponta do nariz, que pode ser grande, caída ou muito arrebitada,
  • Narinas grandes, largas ou arrebitadas,
  • Assimetria nasal e desvio.
LIFTING FACIAL

LIFTING FACIAL:

O QUE É A RITIDOPLASTIA?

Se você estiver incomodado com sinais de envelhecimento em seu rosto, a cirurgia da face pode ser ideal para você. Tecnicamente conhecida como ritidoplastia, a cirurgia da face é um procedimento cirúrgico para melhorar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e no pescoço tais como:

  • Flacidez no terço médio da face,
  • Vincos profundos abaixo das pálpebras inferiores,
  • Vincos profundos ao longo do nariz que se estende ao canto da boca,
  • Gordura que tenha baixado ou tenha sido deslocada,
  • Perda de tônus muscular na face inferior, podendo causar papada,
  • Pele frouxa e excesso de depósitos de gordura sob o queixo e a mandíbula.

Procedimentos de rejuvenescimento tipicamente executados juntamente com o lifting de face são o lifting de testa, para corrigir a flacidez ou testa franzida, e cirurgia de pálpebras, para rejuvenescer os olhos.

li_s

LIFTING DE SOBRANCELHAS:

A CIRURGIA

Consiste na elevação/ reposicionamento dos supercílios, podendo ser realizada por diversas técnicas, que diferem nas vias de acesso (local, através das pálpebras, couro cabeludo, com auxílio de vídeo-endoscopia) e objetivos.

A programação da cirurgia varia dependendo do grau de ptose dos supercílios, não existindo faixa etária padrão para a indicação do procedimento.

SUSPENSÃO SUPERCILIAR

O QUE É O LIFTING SOBRANCELHAS?

Também conhecido como elevação da testa, o lifting frontal reposiciona sobrancelhas baixas ou flácidas.

LIFTING FRONTAL:

Melhore a aparência com lifting frontal, Se você está incomodado com as linhas de expressão ou outros sinais de envelhecimento na região da testa, o lifting frontal pode ser bom para você.

  • Minimiza vincos na testa, ou ao redor dos olhos,
  • Melhora o que são comumente referidas como linhas de expressão, ou seja, rugas verticais que se desenvolvem entre as sobrancelhas,
  • Reposiciona a região frontal baixa ou flácida ,
  • Eleva as sobrancelhas para uma posição mais jovem.
IMPLANTES FACIAIS

IMPLANTES FACIAIS:

Implantes faciais trazem equilíbrio e melhor proporção para a aparência estrutural do rosto. Se você se sente incomodado por ter um queixo pequeno, mandíbula pouco marcada ou falta do contorno facial, a cirurgia plástica com implantes faciais pode beneficiá-lo.

Melhore a aparência com os implantes faciais

A aparência do seu rosto é determinada por três componentes básicos: pele, tecidos moles e ossos. Se a estrutura do seu rosto é desproporcional – o queixo/mento é rebaixado, a mandíbula indefinida ou as bochechas são planas – estas características podem afetar significativamente a sua autoimagem. Características faciais definidas, contornos visíveis e ângulos naturais que sejam proporcionais criam um equilíbrio estrutural em seu rosto e uma aparência mais atraente.

Se você se sente incomodado por ter um queixo pequeno, mandíbula pouco marcada ou falta do contorno facial, a cirurgia plástica com implantes faciais pode beneficiá-lo. Embora qualquer área do seu rosto possa ser aumentada com implantes, as maçãs do rosto, o queixo e a mandíbula são os locais mais comuns para receber implantes faciais. Os implantes faciais trazem equilíbrio e melhor proporção para a aparência estrutural do rosto. Eles definem o rosto, aumentam a projeção e criam características mais distintas.

LIPOASPIRAÇÃO DE ROSTO E PESCOÇO

CIRURGIA PARA RETIRAR PAPADA:

Com o passar dos anos, o envelhecimento natural e a falta de elasticidade acabam contribuindo para a formação do chamado “papo” a pele em excesso entre o queixo e o pescoço. Há outros fatores que colaboram para isso como a perda de peso que acabam com o acúmulo da papada. Os principais lugares para a evolução dessa flacidez é no antebraço, pescoço, pernas, e outras partes do corpo. Contudo, o pescoço é atingido tanto pela gordura localizada quanto pela flacidez. Após alguns anos de estudo e com a evolução da medicina estética, a lipoaspiração na papada pode ser realizada com eficiência auxiliando no bem estar e na autoestima das pessoas.

Na maioria das vezes, a cirurgia é mais frequente em homens e mulheres com mais de 45 anos, já que a pele não tem mais a elasticidade necessária e só uma a lipoaspiração poderá garantir um resultado satisfatório. Dependendo da situação e do especialista que irá tratar, muitas pessoas rejuvenescem até 10 anos.

Outra marca desagradável é o chamado ”queixo duplo”, que dependendo da pessoa, costuma aparecer aos 30 anos.  É causado por gordura acumulada nessa região, mas não tem flacidez do músculo.

A cirurgia também é indicada para jovens que emagreceram ou que tenham acúmulo de gordura ou pele, no entanto, por terem uma pele com elasticidade suficiente para voltar a aderir à musculatura, a solução pode ser apenas a lipoaspiração.

Para todos os casos existem soluções eficazes e dependo do caso poderá ser feita a plástica, chamada lifting cervical, a lipoaspiração, ou, as duas cirurgias juntas.

O procedimento para retirar a papada consiste na utilização de incisões minúsculas e de uma seringa para eliminar o papo acumulado no pescoço. A partir disso, a gordura será aspirada. Todo o procedimento é feito com anestesia local ou sedação. A gordura da papada é extraída por um pequeno cano colocado na região de maneira cuidadosa, caso contrário o procedimento poderá deixar marcas muito visíveis. Pode demorar 30 minutos dependendo do que for realizado. Após a eliminação da gordura será necessária que uma cirurgia plástica seja feita no local visando o rejuvenescimento facial para corrigir a flacidez na pele do rosto, mais conhecido como lifting cérvico facial. Para isso, o cirurgião faz incisões atrás da orelha e estica a pele e o músculo do pescoço. Já esse procedimento pode demorar aproximadamente 2 horas. A cicatriz realizada para a cirurgia é muito discreta e facilmente escondida atrás dos cabelos. O paciente pode deixar o hospital no mesmo dia.

O pós-operatório requer repouso e drenagem. O curativo deve ser mantido durante 24 horas no local da incisão. Seguindo todas as orientações médicas, o inchaço costuma desaparecer dentro de 4 semanas. A primeira lavagem de cabelos é possível já no primeiro dia após a operação, e as atividades normais podem ser retomadas de 8 a 12 dias. O interessante é que para esse tipo de procedimento não será necessário a ingestão de medicamentos.