CIRURGIA CORRETIVA

Home / CIRURGIA CORRETIVA
CIRURGIA REPARADORA

LIPOASPIRAÇÃO:

O QUE É A LIPOASPIRAÇÃO?

Também conhecida como lipoescultura, a lipoaspiração remodela áreas específicas do corpo, removendo o excesso de depósitos de gordura, melhorando os contornos do corpo e a proporção.

Apesar de boa saúde e da prática de exercício físico, algumas pessoas podem, ainda, ter um corpo com contornos desproporcionais devido a depósitos de gordura localizada. Estas áreas podem ocorrer devido a características genéticas, à falta de controle do peso ou de atividade física. A lipoaspiração pode ser usada para tratar acúmulos de gordura em várias partes do corpo, incluindo coxas, braços, pescoço, cintura, costas, parte medial do joelho, peito, bochechas, queixo, pernas e tornozelos. Em alguns casos, a lipoaspiração é realizada isoladamente, em demais casos, ela é usada com procedimentos de cirurgia plástica tais como o facelift, a redução de mama ou a abdominoplastia.

O QUE A LIPOASPIRAÇÃO NÃO VAI FAZER

A lipoaspiração não é um tratamento para a obesidade e não substitui a prática de exercício físico e bons hábitos alimentares. Indivíduos com áreas de gordura no corpo e que se exercitam regularmente são os melhores candidatos a este procedimento.

CANDIDATOS IDEAIS À LIPOASPIRAÇÃO SÃO

  • Adultos, com 30% do seu peso ideal, que têm a pele firme e com bom tônus muscular,
  • Indivíduos saudáveis que não tenham doença com risco de vida ou condições médicas que possam prejudicar a cicatrização,
  • Não fumantes,
  • Indivíduos com atitude positiva e expectativa realista do resultado cirúrgico,
  • Indivíduos determinados a seguir as recomendações do cirurgião plástico.
CULOTES

PÓS-BARIÁTRICA:

O QUE É CONTORNO CORPORAL APÓS GRANDE PERDA DE PESO?

O contorno corporal após grande perda de peso melhora a forma e o tônus do tecido subjacente, que sustenta gordura e pele, e remove o excesso de gordura e de flacidez.

Melhore a aparência com a cirurgia de contorno corporal

Após a cirurgia de redução de peso, ou qualquer perda substancial de peso, a pele e os tecidos, muitas vezes, não têm elasticidade e podem não estar em conformidade com o tamanho reduzido do corpo. Como resultado, a pele, que foi severamente estendida, agora não tem sustentação:

  • Os braços ficam flácidos,
  • As mamas podem achatar e ficar com mamilos apontados para baixo,
  • O abdômen pode se estender nas laterais e na zona inferior das costas, o que resulta em uma saliência semelhante a um avental,
  • As nádegas, a virilha e as coxas podem apresentar flacidez, ocasionando bolsas suspensas de pele.

A intervenção cirúrgica de contorno corporal, após grande perda de peso, melhora a forma e o tônus do tecido subjacente, que sustenta gordura e pele, e remove o excesso de gordura e flacidez da pele. O resultado é uma aparência mais normal do corpo, com contornos suaves. Esta é, em essência, a fase final do processo de perda de peso.

contorno-corporal

CIRURGIA TUMORES CUTÂNEOS:

A CIRURGIA

Consiste na retirada (parcial ou total) de lesões de pele (benignas ou malignas), respeitando as características da patologia em questão e buscando o melhor resultado estético-funcional possível.

Dentre os diversos tipos de tumores benignos, destacam-se: nevos, siringomas, quelóides, lipomas, cistos, leiomiomas, neuromas, hemangiomas, entre outros.

Entre as lesões malignas, os tumores mais comuns são: carcinoma basocelular (CBC), carcinoma epidermóide ou espinocelular (CEC) e melanoma.